Pensamentos soltos · Psicologias · Relações humanas · Uncategorized

Give me five!!

Raramente deixo passar datas simbólicas. Porém, não me lembro do dia exacto em que o meu irmão me anunciou que ia ter um bebé!… Lembro-me que era um dia de sol!… (o sol está lá sempre nestes momentos marcantes… Começo a achar que construo falsas memórias e que o sol é um elemento metafórico que… Continue reading Give me five!!

Pensamentos soltos · Psicologias · Relações humanas · Uncategorized

Mais e melhor!

  Esta coisa de ter um irmão gémeo tem que se lhe diga!… Mas adivinhem: diz-se até o que não se devia… Experimentem olhar para nós e render-se à nossa individualidade!… Ousem descrever-nos sem modos comparativos depois da conjugação do verbo e temperem o conhecer-nos com um advérdio!… Se quiserem, o que, de nós, é… Continue reading Mais e melhor!

pais e filhos · Pensamentos soltos · Psicologias · Relações humanas · Uncategorized

Terrores Nocturnos, o pesadelo dos pais!

TERRORES NOCTURNOS, o pesadelo dos pais. Os terrores nocturnos ocorrem geralmente a partir dos 18 meses até cerca dos 2 anos de idade. O bebé (ou criança) chora, grita, transpira e, contrariamente aos pesadelos em que desperta, não está, de facto, acordado embora muitas vezes de olhos abertos e em posição sentada. Como não está… Continue reading Terrores Nocturnos, o pesadelo dos pais!

pais e filhos · Pensamentos soltos · Relações humanas · Uncategorized

Para te ver melhor!!…

Assisti há tempos a uma entrevista a um verdadeiro Senhor, detentor de uma voz já ampla e internacionalmente consagrada. Perguntou-lhe o seu interlocutor porque fechava sempre os olhos quando cantava. A resposta foi: “Para ver!… ” Fiquei rendida! Ora, este senhor pequeno é já detentor dessa sabedoria e sensibilidade. Teima em ler-me em braille e… Continue reading Para te ver melhor!!…

Gravidez-pais-filhos · pais e filhos · Pensamentos soltos · Psicologias · Uncategorized

Estamos grávidos!

Infertilidade. Esse palavrão! Fui, diversas vezes, confrontada na minha prática clínica com mulheres que me procuraram com esta problemática.O diagnóstico é vivenciado com uma série de sentimentos: negação, depressão, ansiedade, revolta, angústia. Ora, vamos por pontos: Ponto 1) Infertilidade não é sinónimo de esterilidade! Isto é, o diagnóstico de infertilidade não é uma sentença para… Continue reading Estamos grávidos!

Exercício físico · Gravidez-pais-filhos · Relações humanas · Uncategorized

Mexam-se!

O desporto fez, desde sempre, parte integrante da minha vida. Aprendi a fazer o “plie” antes de saber saltar ao elástico e calçei as sapatilhas de ponta antes dos saltos altos. Com a parvoíce inerente à idade do armário, guardei lá dentro as sapatilhas, embora numa gaveta bem à mão (foi, portanto, uma parvoíce consciente)… Continue reading Mexam-se!

Escapadelas e experiências · pais e filhos · Pensamentos soltos · Relações humanas · Uncategorized

Acabou a praia!?!…

Acabou a praia… Nesta, troquei as caminhadas na areia macia por passeios nas rochas; a posição deitada pela posição 4 apoios ou agachamento permanente… Troquei a leitura pelas construções na areia; o piz buin pelo odioso creme mineral 50+ (desconfio que aquela pasta de cimento branca deva ser eficaz a colar as benditas construções que… Continue reading Acabou a praia!?!…