Uncategorized

A intimidade

A intimidade é, talvez, das poucas coisas que melhoram com o tempo. Não deve ser à toa que tem “idade” no nome…
Intimidade é dizer o que nos vai na alma sem escolher as palavras ou medir o efeito que elas poderão ter. Podemos falar com pasta de dentes na boca ou com comida quente na língua que de certeza que nos percebemos. Podemos até não dizer nada de todo e regalarmo-nos com o silêncio confortável.
Intimidade é saber de cor como o outro gosta dos ovos; é trocar pontapés cúmplices por baixo da mesa; é dizer “pede por mim” se chegamos mais tarde ao “sítio do costume”. Intimidade é depararmo-nos com as meias do outro na nossa gaveta e podermos extraviar-lhe o pijama.
Intimidade é ter alguém que sabe o pin do nosso cartão multibanco.
Intimidade é olharmos na mesma direcção e darmos por nós a pensar no mesmo “estava mesmo a pensar nisso!…”
Intimidade é rirmo-nos feitos parvos das piadas que mais ninguém percebe.
E não nos deixarmos intimidar, apenas darmo-nos ao desfrute. Chamem-nos parvos!…IMG_20200106_122328_149.jpg

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s