pais e filhos · Pensamentos soltos · Psicologias · Relações humanas · Uncategorized

Em suspensão

IMG_20200216_074815_179Ai miúdo, pára de fazer suspense. Deixas-me em estado permanente de suspensão dos sentidos! De vez em quando (e contrariamente ao que ouvirás dizer) até é bom perdê-los….
Que o digam as mães!…  Esses seres omnipotentes! Qual sexto? São para mais de uma dezena de sentidos, todos ligados na potência máxima em “stereo”.
Pará um bocadinho!
Deixa-me contemplar o teu passo atrapalhado sem recear que dês um em falso, mirar a tua figura sem que a faças desaparecer com a tua avidez das coisas, curtir a tua gargalhada orgulhosa do malfeito sem ter de disfarçar a minha….
Pára um bocadinho! Não me ponhas em suspenso.
Sei que não fazes nada por isso, bastas-te….
E bastas-me também!….
Para suspensão, contenta-te daqui a uns anos com a mecânica do teu carro, quem sabe também com a do meu!
Por ora, fica-te por esse acessório que, com graça, suspende a indumentária e não permite que caias (em desgraça). Eu, quando cair em mim, mudo o discurso: “não pares!…”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s