Gravidez-pais-filhos · pais e filhos · Pensamentos soltos · Psicologias · Relações humanas · Uncategorized

Mãe suficientemente boa

Suficiente: que é bastante; que satisfaz.
A “mãe suficientemente boa”, conceito psicanalítico, não é a mãe perfeita. A mãe suficientemente boa não é totalmente boa ou totalmente má, é suficiente.
A mãe suficientemente boa é aquela que atende às necessidades do bebé, mas também que o frustra, ao mostrar-lhe que ele não terá os seus desejos atendidos no imediato, e que há tempo de espera. Fazendo isto, a mãe está a ser um facilitador à resiliência da criança.
A mãe suficientemente boa não se antecipa, mas também não retarda a sua atenção. Está atenta, mas permite o desenvolvimento físico e emocional da criança, mostrando-lhe que ela não é uma extensão de si mesma.
Uma mãe suficientemente boa consegue identificar-se com seu bebé, sem, no entanto, deixar de ser ela mesma. É capaz sair do seu lugar e estar no lugar dele, sem, no entanto, se perder. Não é uma fusão.
Ela é suficientemente boa porque atende ao bebé na medida das necessidades dele, e não das necessidades próprias, como a de ser muito boa ou perfeita.
A mãe suficientemente boa tem dúvidas sobre as suas condutas. Ela falha, e falha a toda a toda a hora. Ela questiona-se, põe-se em causa, corrige-se e tenta fazer melhor. O somatório destas falhas é o fazer melhor, continuado e tenaz, é a base da comunicação do amor, expressa em língua própria, mas linguagem universal.
#maesuficientementeboa; #maesperfeitas; #maternidade; #maededois; #maedegemeos; #psicóloga

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s