Uncategorized

Valentina

Há notícias bárbaras no que (des)repeita à (des)humanidade. E quanto mais perversas, mais tiranas as menções que as acompanham.
De nada serve injuriar o vizinho que não viu, caluniar o dono da tasca que nada adivinhou, difamar o padre que não descortinou. É uma tendência costumeira, esta apuração de responsáveis ou agentes causadores do inconcebível aos olhos de quem vive no limbo da normalidade. Como se ocupar o banco dos réus e levá-los a julgamento de consciência atenuasse a impotência alheia.
Custódia não é só nome próprio. É nome de abrigo, de lugar, um lugar onde se guarda alguém, com segurança e com braços de gigante. Às vezes, a custódia dispensa o título honorifico de Dona e pode ser tratada por dois “tu”, sem que isso se traduza num porto inseguro. Às vezes não é assim.
Sei do transtorno de personalidade deste “pai”. Conheço-o dos livros, dos seminários de psicopatologia, dos estudos de caso. Também já o conheci de perto, sem o infortúnio deste epílogo.
Nada sei do que sente esta mãe. Não posso senão imaginar uma dor tão profunda, que não é possível fazer-lhe juízo justo sem cair no privilégio confesso de quem vive apenas os dissabores de um inimigo invisível de uma pandemia.
A ti, que quiseste bater asas do que sabias não ser um ninho…
A ti, que deste gritos por amparo só ouvidos agora em eco…
A ti, que não contavas ainda os anos dos dedos das duas mãos. As mesmas com que seguras esse animal de sete vidas. Só tinhas uma. Não te seguraram dessa forma. Viveste-a como há quem nunca chegue a vivê-la. Com valentia. Valentina.
#valentina; #psicóloga; #psicologia; #mae; #pai; #paisefilhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s