pais e filhos · Pensamentos soltos · Psicologias · Relações humanas

Medo de morrer

Nunca lidei bem com a morte. 
Sempre a receei. Não necessariamente a minha, mas a dos que me são queridos. 
Desde que fui mãe passei a ter medo de morrer. Dei por mim a conduzir de forma mais atilada, a tentar cair menos vezes e a estar mais vigilante aos perigos, de uma forma geral. Não que antes os descurasse, mas, a partir do momento (daquele momento!) que os senti pele com pele, fui inundada por um sentido de missão. Não no sentido de obrigação, mas no “sentido sentido” do termo. Já não se tratava de mim. 
Este sentimento é comum entre os pais.
Assim como é comum os filhos recearem a morte dos pais.
Quando, a partir de certa idade, passam a encarar a morte como um processo irreversível (até então a morte era um estado passageiro; veja-se os protagonistas das brincadeiras que “morrem” e acordam um sem número de vezes), as crianças revelam angústia de perder um ou ambos os pais. Este medo é normativo.
O COVID-19 tem desencadeado uma intensificação desta angústia nas crianças. Verifico que a maioria dos pais oscila entre a sobrecarga, num extremo e, no outro, a camuflagem de informação. Se, por um lado, a informação ao desbarato não representa um ganho, por outro lado, camuflá-la não significa proteger as crianças, até porque elas intuem os medos e não lhes dar um nome, não os legendar, não apenas não vai sossegá-las, como vai deixá-las mais hipervigilantes e alarmadas.
À semelhança das zaragatoas, as crianças têm esponja absorvente na sua composição. E também as angústias precisam de um período de incubação. Os medos, esses, almofadados.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s