pais e filhos · Pensamentos soltos · Psicologias

Tufão

Destas que têm nome de gente e nos atiram para a falsa inércia contemplativa; destas que nos agitam o espírito, sacodem o controlo e abanam as certezas, eu gosto de tempestades.
Nesta profecia de tufão, chovem demandas que gelam, mas sopram afagos que derretem, com a mesma imprevisibilidade do boletim meteorológico. 
É em ti que percebo a força que há em mim. As respostas mais completas vêm mesma da natureza e ela impõe a sua lei quando chove. 
O melhor das tempestades lá fora é que elas consentem outras tempestades cá dentro.
A natureza sabe o que faz, mas há pessoas que também. E o melhor que temos a fazer é um abrigo a quatro braços. E não precisamos de o anunciar ao mesmo número de ventos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s