pais e filhos · Psicologias · Relações humanas

Ele gosta de brincar com bonecas

A verdade é que ninguém estranha quando a menina gosta de brincar com carros de corrida ou de jogar à bola. Mas se é enternecedor vê-la vestir um kimono ou calçar as chuteiras, vê-lo a ele calçar as sapatilhas de meia ponta do ballet ou brincar às bonecas causa, no mínimo, estranheza.
Há até um certo orgulho nas palavras dos pais quando dizem “ela é maria-rapaz”. Mas quando ele gosta de brincar às cozinhas ou prefere estar a fazer penteados em vez de jogar à bola é difícil de aceitar.
Não faz muito tempo que fui procurada por um pai, genuinamente preocupado, por ver que o filho preferia as brincadeiras convencionadas como “de menina”. Mais, gostava de cor-de-rosa e, contrariamente a ele próprio (pai) não mostrava qualquer apetência por motas. E uma das questões que me trazia era se deveria ou não negar-lhe as bonecas da irmã.
Ora, verifico que confundir identidade de género, experimentação, sexualidade e orientação sexual é relativamente frequente.
É sensivelmente a partir dos dois anos de idade, pouco mais, que surge a identificação com o sexo. “Eu sou rapaz porque tenho uma pilinha” , “eu sou uma rapariga porque tenho um pipi” . Isto não é o mesmo que falar de orientação sexual! O facto de um rapaz gostar de brincar com bonecas não faz dele homossexual. O mesmo é válido em relação às “Maria-rapaz”. Porém, é sempre mais aflitivo o “maricas”, como se fosse um ataque à masculinidade dos pais.
Quando o menino acha graça a calçar os sapatos da mãe e anda pela casa de sapatos altos isso não é uma sentença. É apenas a experimentação e a curiosidade pelo sexo oposto. 
E os pais não se devem assustar se o filho escolheu a princesa e a filha um super-herói.
E não. Não se deve impor a uma criança um brinquedo que alguém determinou como sendo “de menino” ou “de menina”. Deve ser ela a escolher.
“É preciso dar às crianças ‘criatividade de género’, ou seja, deixá-las explorar, deixá-las ser criativas nesse sentido.
A criança vai ser sempre a autora da sua identidade de género. 
O Artur gosta de brincar com bonecas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s