Gravidez-pais-filhos · Pensamentos soltos · Relações humanas · Uncategorized

“Bitaites” de uma avó para um filho:

Veste-lhe um casaquinho. Está fresco na rua; Põe-lhe a mantinha. A dormir é que eles crescem! Esta roupa que ele traz hoje não é a que lhe fica melhor.. Quem é que o vestiu? O que leva esta sopa que ele come? Não está muito grossa? É a tua mulher que faz? E Não leva… Continue reading “Bitaites” de uma avó para um filho:

Gravidez-pais-filhos · Pensamentos soltos · Psicologias · Relações humanas

Tive gémeos prematuros e não consigo explicar isto à Segurança Social!

Gravidez de gémeos. Parto prematuro às 28 semanas (na língua dos não-grávidos”, aos 7 meses). Os gémeos passaram os seus 70 primeiros dias de vida na incubadora. Fatores emocionais à parte (noutro post), vamos aos burocráticos: A licença de maternidade começa, por defeito e automaticamente, a ser gozada imediatamente após o parto. Primeira questão: Pois… Continue reading Tive gémeos prematuros e não consigo explicar isto à Segurança Social!

Gravidez-pais-filhos · Pensamentos soltos · Relações humanas

Não tenho tempo! Estou de licença de maternidade…

Perguntam-me: “porque nunca mais escreveste?”… E eu respondo: “ Não tenho tido tempo!…” Sempre imaginei a altura da licença de maternidade com um certo romantismo associado. O bebé acorda bem-disposto, mama com vontade e perícia, depois de uma noite bem dormida. A mãe toma depois o seu pequeno-almoço sentada à mesa com o pai e… Continue reading Não tenho tempo! Estou de licença de maternidade…

Gravidez-pais-filhos · Pensamentos soltos · Relações humanas

Parabéns! São gémeos!!

Parabéns!! São gémeos!! Naquele instante, o meu mundo parou!… Deixei de ver a imagem que o ecógrafo projetava, de ouvir as palavras entusiastas da médica, de sentir o aperto da mão do R, já inebriado de felicidade!… (O estado de pânico deve ter-lhe durado não mais do que uns 30 segundos…) Gelei!… “E agora”? “E… Continue reading Parabéns! São gémeos!!

Gravidez-pais-filhos · Pensamentos soltos · Relações humanas

Mãe… A Minha!

Mãe Substantivo feminino. No meu dicionário, porém, é também um adjectivo e tem flexão em grau superlativo relativo e absoluto: a “mais mãe”; “mãezíssima” e “muito mãe”. É também um verbo que pode conjugar-se em tempos vários, em pretéritos imperfeitos, perfeitos e mais-que-perfeitos!… Quando perguntamos a uma criança de 3 anos: “como se chama a… Continue reading Mãe… A Minha!

Gravidez-pais-filhos · Pensamentos soltos · Relações humanas

Quem tem medo do Pai Natal?

Não é raro, por esta altura do calendário, ser consultada por diferentes pais pelo mesmo motivo: o medo do Pai Natal. Com efeito, nem todas as crianças riem com os ”HoHoHo” ou vêem nas barbas brancas uma mantinha de algodão e o medo do Pai Natal é mais frequente do que se poderá imaginar. Começa… Continue reading Quem tem medo do Pai Natal?

Gravidez-pais-filhos · Pensamentos soltos

“As vozes”

As “vozes” No que toca a gravidez, não há vivalma que não opine, entenda ou alvitre. Não há quem não se pronuncia, decrete, julgue ou determine. Cada cabeça sua sentença! É sobejamente conhecida “a voz” omnipresente que assombra os ouvidos da recente mamã. “A voz” (a homofonia com “avós” não será mera coincidência, mas não… Continue reading “As vozes”