paparocas · Pensamentos soltos · Uncategorized

“Pequeno”-almoço!!

Adoro pequenos-almoços! Pertenço aquele grupo de pessoas que, em bom português, acorda “com fome e com vontade de comer”! Talvez por isso, os meus se assemelhem muitas vezes a autênticos almoços!… Franzo sempre o sobrolho quando oiço alguém dizer “não conseguir comer logo de manhã”??!! Ou que chamam de “pequeno-almoço” a qualquer coisa que engolem… Continue reading “Pequeno”-almoço!!

Gravidez-pais-filhos · Pensamentos soltos · Relações humanas · Uncategorized

A grávida… E as outras!

O clique deu-se hoje quando atravessava, numa rua movimentada, uma obra em funcionamento com toda a parafernália envolvente: baldes, tintas, andaimes… Os excelentíssimos senhores trabalhadores descansavam do trabalho pesado e faziam, na altura, a sua hora de almoço. Sentados onde podiam, cerveja numa mão e marmita com “puxa-carroça” na outra. Os condicionamentos à volta da… Continue reading A grávida… E as outras!

paparocas · Uncategorized

Já chegaram!

  Lembro-me da minha primeira experiência, há largos anos, com dióspiros… Língua e céu da boca ásperos… “Não gosto disto!”. Ora, estavam verdes quando os provei, o que ditou, desde então, a minha aversão aos ditos. Voltei, anos passados, a dar-lhes uma segunda oportunidade, desta vez no estado certo de maturação… Bolas, criei um monstro!…… Continue reading Já chegaram!

paparocas · Uncategorized

Domingo é dia de brunch

  Brunch é, por definição, aquela refeição que combina pequeno-almoço (breakfast) com almoço (lunch). E domingo é “o dia”! Hoje o dia solarengo pedia esplanada. Fomos experimentar o brunch do Delidelux, mesmo ali beira-rio. Este é à carta (longe da barbárie dos buffets e dos pratos verdadeiramente pornográficos de alguns comensais) com três opções disponíveis.… Continue reading Domingo é dia de brunch

Escapadelas e experiências · Uncategorized

Numa aldeia

  O feriado estrategicamente colocado à quarta-feira permitiu um fim-de-semana bem alargado. Naquele Sábado de manhã, depois de atestarmos o carro com a trouxa para os dias vindouros, rumámos a Norte. Destino certo e Itinerário não tanto, dando espaço a algum improviso, regalos de vontades e de meras curiosidades… Primeira paragem: uma aldeia perdida na… Continue reading Numa aldeia