pais e filhos · Pensamentos soltos · Psicologias · Relações humanas · Uncategorized

Passem para cá essa dor!

Dá-me a tua dor… Ia começar este texto assim, de mansinho, mas agora que a dita se duplicou e deixou de ser “tua” para passar a ser “vossa” deixo de lado o tom brando e desafio-a. “Passem para cá essa dor!” Hoje sou eu que lhe trato da saúde e verá o que é bom… Continue reading Passem para cá essa dor!