pais e filhos · Pensamentos soltos · Psicologias · Relações humanas · só entre irmãos

Eu acredito

Acho que uma das particularidades mais enfadonhas do crescer é deixar de acreditar em fadas.As bocas desdentadas, o cabelo à tigela, o peixe ainda com espinhas e o despertador são ligeiros dissabores incluídos no pacote “all inclusive”. Mas deixar de acreditar em fadas, isso sim, são as verdadeiras dores de crescimento. Tenho para mim que o… Continue reading Eu acredito